VIAGEM SAN ANDRES: GASTOS

Oie  gente, tudo bem?
Hoje vou fazer o post de gastos de San Andres, anotamos todos os gastos e espero que ajude vocês a terem uma noção de custos da viagem J
Eu levei 2milhões de COP’s (850) e o Bru levou 3 milhões COP’s para os 10 dias de viagem (San Andres e Cartagena). Nosso estilo de viagem foi tranquilão. Não estávamos suuuuuuper economizando mas também não estávamos esbanjando, foi bem equilibrado e conseguimos fazer de tudo.

DIA 1.

No primeiro dia nosso primeiro gasto foi um pau de selfie que esquecemos de levar e é um item FUNDAMENTAL pra qualquer viagem, depois “almoçamos” duas empanandas e dois sucos, andamos de jet ski e fomos jantar num lugar super legal porque era nosso aniversário de 3 anos de namoro. No jantar nós abusamos bastante, pedimos duas entradas, dois pratos, uns 3 ou 4 drinks e apesar da comida não ser SUUUUPER MARAVILHOSA, estava bem gostosa e o ambiente era bem legal pra gente comemorar a data.
Aproveitamos e compramos os ingressos para Jhonny Cay e Acuario pro dia seguinte numa barraquinha na praia

  • PAU DE SELFIE: 50mil COP’s ( 2 selfiestick)
  • JET SKI: 50mil COP’s (cada um e suuuuuper negociado)
  • ALMOÇO:  20mil COP’s (os dois)
  • JANTAR NO LA REGATTA: 260mil COP’ss
  • PASSEIO JHONNY CAY E ACUARIO): 50mil COP’s (os dois)

TOTAL: 480mil COP’s para os dois

DIA 2.

No segundo dia gastamos bastante, mas nenhum gasto 100% desnecessário, porque afinal, drinks são SUPER necessários haha, mas fora isso fizemos passeios que os preços são fechados, então não tinha muito como fugir desses gastos.

Acordamos cedo e tomamos café da manhã numa barraquinha da praia, foram dois sanduiches e dois sucos, depois pagamos a taxa obrigatória para entrar no Acuario, e chegando lá deixamos a bolsa num armário para não ficar carregando na aguá.

Em jhonny cay pagamos o almoço fixo, que é a única opção de comida por lá, e bebemos alguns drinks e água de coco.
Voltando pra San Andres já reservamos o carro para o dia seguinte, fizemos comprinhas de salgadinhos e café da manhã num mercadinho para termos comida disponível no hotel pros momentos de larica e depois aproveitamos para jantar pizza.
* Todos os gastos desse dia são para duas pessoas.

  • CAFÉ DA MANHÃ: 9.500 COP’s
  • TAXA EL ACUARIO: 10.000 COP’s
  • ARMARIOS PARA MOCHILAS: 7.000 COP’s
  • ALMOÇO: 50.000 COP’s
  • DRINKS: 68.000 COP’s
  • RESERVA ANTECIPADA DO CARRO: 50.000 COP’s
  • SUPERMERCADO: 27.000 COP’s
  • JANTAR: 46.800 COP’s

    TOTAL:  268.300 COP’s para os dois

DIA 3.

No nosso terceiro dia, foi dia de dar a volta na ilha com a Mula (carrinho um pouco mais rápido que o de golf). Em relação aos gastos, esse dia gastamos mais com comida, e com as entradas para alguns pontos turísticos que nós visitamos.

Pagamos o resto do aluguel da mula, paramos no Hoyo Soprador pra fazer nada, porque segundo um dos locais faz teeempo que o jato de agua não aparece, tomamos uma agua de coco pra dar aquela hidratada e continuamos nossa viagem, paramos para almoçar num restaurante que tinha ótimas reviews nos blogs, mas que foi pura decepção, pouca comida, ruim e cara…
Continuamos nosso passeio e para finalizar paramos na piscinita e depois west view e os dois tinham que pagar uma taxa de entrada bem baratinha.  Na  volta tivemos que abastecer o carrinho e ficamos em choque com o preço barato da gasolina haha.

Fomos Jantar num mexicano perto do hotel beeeem gostosinho, fomos comprar umas bugigangas nas barraquinhas de rua e o Bru parou para comer uma paleta na volta, bem básico.

*todos os valores são para duas pessoas

  • ALUGUEL DO CARRO: 150.000 COP’s
  • BANHEIRO + AGUA DE COCO HOYO: 22.000 COP’s
  • ALMOÇO: 108.000 muito mal gastos
  • ENTRADA PISCINITA: 4.000 COP’s
  • ENTRADA WEST VIEW: 8.000 COP’s
  • GASOLINA: 13.000 COP’s
  • JANTAR: 75.000 COP’s
  • FEIRINHA: 26.000 COP’s
  • PALETA: 5.000 COP’s

TOTAL: 411.000 COP’s

DIA 4.

Esse dia foi só desgraça, o Bruno acordou super mal porque comeu um peixe cru no almoço de ontem, tomou um Dramin, que deixou ele mais grog que eu depois de uns 3 shots. Comprei agua de coco pra ele se manter hidratado e sobreviver, chamamos um médico do seguro que já chegou com uma vacina na bunda pra abaixar a febre e melhorar o mal estar. Depois disso saímos para comprar remédio pra enjoo e comer alguma coisa, reservamos o mergulho no hotel pro dia seguinte, rezando pro Bru acordar melhor e de noite fomos para o cassino brincar um pouco, e na volta comi um burguer fast food com o dinheiro que eu ganhei no cassino. KK

  • AGUA DE COCO + AGUA: 30.000 COP’s
  • REMÉDIOS: 33.800 COP’s
  • ALMOÇO/JANTAR: 60.000 COP’s
  • MERGULHO: 300.000 COP’s
  • CASSINO: 30.000 COP’s
  • BURGUER: 18.000 COP’s

TOTAL: 471.800 COP’s

DIA 5.

Nosso último dia na ilha já começou cheio de emoção com a saída pro mergulho, e garanto que foi um dos melhores passeios que fizemos lá, vale SUPER  a pena e lá gastamos dinheiro com as fotos e vídeos do mergulho porque não podia levar go pro, haha.
Na volta paramos pra almoçar num restaurante super gostoso e suuuuuuuper em conta, depois fomos tomar um sol pra aproveitar nossas ultimas horas na praia, e compramos sorvete e água pra aguentar o calorão e de noite saímos para comprar presentinhos para a família e jantar num restaurante super gostoso.
* preços para duas pessoas

  • FOTOS DO MERGULHO: 50.000 COP’s
  • ALMOÇO: 33.000 COP’s-
  • AGUA + SORVETE: 17.000 COP’s
  • JANTAR: 80.000 COP’s
  • PRESENTES: 80.000 COP’s
  • BOLSAS COLOMBIANAS: 60.000 (comprei duas médias)

TOTAL: 320.000 COP’s

Ufa, acabou! O total dos 5 dias em San Andres foi de 1.950.800 COP’s para duas pessoas que dá mais ou menos  R$ 2.054,76 na cotação atual. Lembrando que não estávamos em super contenção de gastos e esse valor da pra ser reduzido.
O único passeio que deixamos de fazer foi o Parasail porque não tinha vento, então não ia rolar, mas de resto fizemos tuuudo possível e valeu super a pena.

Se tiverem dúvidas, sugestões ou quiserem compartilhar as suas experiências, é só comentar ❤

Beijos, Jé.

VIDEO: Viagem para a Colombia <3

Oie gente!
Depoois de mais de um mês tomei coragem pra editar o video da viagem de 3 anos de namoro pra Colombia. Passamos por San Andres, Cartagena e uma escala no Panamá e foi mara!
To postando as dicas aqui aos poucos, porque é uma viagem que vale MUUITO a pena.

Aproveitem e se inscrevam no canal, deem likes, comentem e tudo mais!!

beijosss

 

DICAS DE SAN ANDRES <3

Oi gente, tudo bem?
Faz tempo que não escrevo por aqui, mas recentemente fiz uma viagem super legal pra Colômbia e eu adoro escrever e dar dicas de viagem, então vim fazer uma série de posts bem legais pra quem estiver pensando em ir pra lá!
Esse primeiro post é bem genérico, falando sobre a moeda, tarjeta de turismo, opções de passeio, comidas e dicas gerais, uma introdução para os que vem a seguir ❤

IMG_6038

A viagem para a Colombia em si é uma viagem barata, o maior gasto que você vai ter, dependendo da data, é a passagem. Como fui no Carnaval foi a minha maior despesa, mas fora de temporada tem passagens em promoção por até R$900, e da pra aproveitar para parar em alguns outros lugares muito legais, eu fiquei mais uns dias em Cartagena e voltei apaixonada.

Voltando a San Andres, a ilha é bem pequena, tranquila e maravilhosa. A cor do mar é lindaaaa e as ruazinhas super fofas e seguras (partes turísticas).
Para entrar na ilha você precisa comprar uma tarjeta de turismo que custa cerca de 50 dólares e você pode comprar no aeroporto de Guarulhos (se tiver) ou no aeroporto que for feita a escala, no meu caso fiz no Panamá. Os preços variam de aeroporto para aeroporto mas a maioria aceita só dinheiro, então é sempre bom ter um pouquinho.

Processed with VSCO with c8 preset

A moeda usada lá é o Peso Colombiano e muitos lugares aceitam dólar, mas cobram mais por isso. Eles não tem um calculo exato de quantos dólares vale, então falam o preço fixo que acaba saindo mais caro. Eu troquei real por peso colombiano no Brasil porque queria chegar com tudo resolvido na ilha e não ter que me preocupar com dinheiro. São poucas casas de cambio que fazem, mas com certeza você vai encontrar alguma que faz! Caso você queria levar a moeda e ir trocando lá, LEVE DOLAR! Vai ser beeeem dificil conseguir trocar Real. Outra opção é cartão de crédito ou de viagem, muitos lugares não aceitam, como os passeios, porém você pode retirar o dinheiro lá, é sempre bom verificar as taxas que o banco cobra pra essas transações 🙂

Sobre a comida: gente, a comida lá é ok, porém barata. O prato típico da ilha é pescada, arroz de coco, uma banana-terra frita e saladinha, e isso você encontra em TODOS os restaurantes que você for (menos os típicos mexicanos, italianos e etc) desde os PF’s até mais caros da ilha. Tentamos vários diferentes, com preços diferentes, famosos, desconhecidos e era tudo muito parecido, não teve nenhum restaurante onde a comida realmente surpreendeu ou deixou aquele desejo (comemos de tudo, mas somos chatinhos pra achar comida maravilhosa). Em compensação os drinks são uma delícia. A limonada de coco é incrível, as batidas, drinks com frutas em geral vale muito a pena!! ❤

FullSizeRender 3.jpg

Eu recomendo a viagem para os amantes da natureza, de praia, de tranquilidade mas que também adorem uma aventura, por ser uma ilha pequena e cheia de atividades diurnos como mergulho, visita a ilhas, jet sky, parasail e atividades na praia, a vida noturna não existe por lá, apenas restaurantes e alguns bares que fecham cedo. Como gosto de aproveitar o dia INTEIRO, senti muita falta de alguma coisa divertida e mais agitada para fazer de noite!

Eu curti a ilha e acho que da pra aproveitar tudo que ela tem pra oferecer em 5 dias, mais do que isso apenas para quem quer mais tempo para conhecer as coisas, ou quer relaxar e curtir bastante a praia. Menos que isso você vai acabar deixando alguns passeios de fora, e todos que tem disponíveis são IMPERDÍVEIS!!

FullSizeRender 4.jpg

Nos próximos posts irei contar com detalhes sobre os passeios e gastos da viagem para vocês conseguirem se programar direitinho ❤
Espero que gostem, deixem comentários, tirem suas dúvidas e é isso ai.

xxxx
Jé Menasce

 

 

 

 

Dicas de NY: 10 lugares imperdíveis!

Oi gente!
Esses dois meses to cheia das visitas aqui em NY, e sempre que tem gente aqui eu acabo passeando mais e repetindo todos os meus lugares preferidos da cidade. Minha mãe e meu irmão estavam aqui semana passada, e como eles já vieram mais vezes pra cá, conseguimos passear nos nossos lugares preferidos e descobrir alguns novos que amamos, então resolvi fazer um post com os lugares que TEM que ir aqui em NY!

 

  1. Brooklyn Flea Market + Smorgasburg
    IMG_7104
    Gente, é um dos meus passeios preferidos em NY, todo fim de semana no Brooklyn acontecem essas duas feirinhas maras! O Flea Market é basicamente uma feirinha de antiguidades incrível. Tem brinquedos, móveis, roupas, acessórios, tapetes, sapatos e umas coisas muito X que você só encontra nessas feiras, é praticamente uma viagem no tempo. No verão acontece em lugares abertos, algumas vezes tem DJ’s tocando e tudo mais! O Smorgasburg é a feirinha de comidas, várias barraquinhas com comidas diferentonas, gordas e gostosas, como por exemplo o famoso hambúrguer de miojo!
  2. Roteiro Soho + Little Italy + Chinatown
    f1b7e80378d34459c93f2abe177cb840

    Como esses três bairros são perto uns dos outros da pra fazer tudo no mesmo dia e cada um é super diferente. O Soho é um point de compras. Na rua principal você encontra toooodas as lojas famosinhas tipo Zara, H&M, Forever 21, Victoria’s Secret e tudo mais. Nas ruazinhas que cruzam e ficam ao redor da principal tem várias boutiques, brechós de grifes e grifes, o bairro é um charme!
    Chinatown é praticamente uma 25 de março, cheia de lojinhas baratex, restaurantes super baratos com comida (claro) chinesa, e vários mercados e peixarias. O meu segredinho do bairro são as lojinhas de cosméticos que você encontra lá. Eu sempre passo e compro 20 máscaras ou produtinhos fofos que deixam a pele renovada.
    E por fim o Little Italy que é um bairro obviamente Italiano e é cheio das gordices. São ruas de restaurantes e docerias que só vendem coisa boa, as ruas são estreitas e é tudo decorado pra te dar a sensação que você ta fora de NY, as fotos ficam mara!
  3. Sugar Factory
    FullSizeRender

    Meu restaurante preferido da vida (da minha mãe também). É um restaurante famoso na cidade principalmente pelos drinks, quem liga pra comida quando se tem álcool fofo, gostoso e divertido? Os drinks gigantes feitos com doces, tipo minhoquinha, e gelo seco são os grandes atrativos, são caros, mas é o tipo de coisa para ocasiões especiais, tanto que a maioria do povo que faz reservas lá é para aniversario!
    O restaurante tem 3 ou 4 andares e ta sempre lotado, a musica é alta, a luz é baixa e o atendimento personalizado. O cardápio tem muuitas opções de comida e sobremesas gigaaaantes. A experiência é incrível e apesar de ainda não ser point turístico, TEM QUE IR!!
  4. Sleep No More
    Robin-Roemer-Nick-and-Sophie

    Gente, eu ja fiz um post desse teatro aqui no blog, e é o melhooooor de todos da vida! É um teatro interativo que rola num hotel e conta a história do Macbeth. São 4 andares com diferentes cenários que você pode explorar e muitos personagens espalhados pelos ambientes, assim que você entra na peça, é proibido falar e você tem que permanecer com uma mascara que eles te entregam na entrada durante todo o percurso. Ja fui duas vezes e em cada uma tive uma experiência diferente. Vale MUITO a pena cada centavo.
  5. Brunch de domingo
    Processed with VSCO with f1 preset

    Eu sinto que em NY as pessoas bebem mais que o normal, rs. Não importa a hora, sempre tem alguém bebendo! De fim de semana alguns restaurantes oferecem brunch open-drinks + um prato por aproximadamente $30! Domingo é o dia mais comum para aproveitar o brunch. Eu fui no FONDA com minha mãe e meu irmão, e lá eles oferecem mimosa, marguerita, cerveja, frozen e bloody mary e a escolha de um dos pratos principais oferecidos pelo restaurante. É MARA!

  6. Passeio de barco
    VSCO Cam-2

    É um dos clássicos e esse você encontra em praticamente todos os roteiros de NY. O barco que faz a volta por NY e brooklyn é muito divertido, se você comprar o ingresso pro dia todo você consegue descer em cada parada e consegue conhecer um pouquinho de tudo em um dia, com vistas maravilhosas de NY! Esse passeio também é oferecido de graça, não com tantas paradas no meio do caminho, e as vezes a fila é gigante, mas pra quem ta na economia, é melhor que nada! 🙂
  7. Central Park
    VSCO Cam-3

    CLÁSSICO! Mas o Central Park tem tanta coisa boa, tantos lugares lindos dentro do parque, restaurantes, lagos, as pontes, as vistas, é enorme e difícil de conhecer tudo, então com certeza cada passagem na cidade vale uma visita!
  8. Coney Island
    VSCO Cam-6

    Eu morro de amores por Coney Island. É uma praia que fica no fim do Brooklyn e leva só 1h de metrô de manhattan, é MUITO fácil chegar lá. O parque de diversões fica aberto todos os dias durante o verão, e de fds na primavera. É um passeio bem de temporada, mas o pier é lindo, os parques são divertidos, e tem varias comidinhas gostosas pra comer durante o dia inteiro! Pra quem tiver na cidade durante o calor precisa visitar!
  9. Metropolitan Museum of Art
    27a85fe2bc5b3b2749463cd66481202c

    Esse museu vai pegar umas boas horas do seu dia, ele tem todo tipo de arte, então agrada todo mundo. É enoooooorme e acho difícil visitar tudo, mas pra quem ama andar nos museus, estar em contato com arte e história é um prato cheio. Poucas pessoas sabem, mas você paga o quanto quiser pra entrar, então não tem nem desculpa pra não ir!
  10. Broadway
    b5518931f1b8b24d5bedcf8c0cd58719

    Eu não vi tantos shows como deveria ter visto mas mesmo assim eu acho que vale a pena o investimento! Eu assisti alguns clássicos, alguns que estavam em promoção e pareciam legais, e eu sempre fico impressionada com a grandiosidade e o poder do teatro em NY. Os ingressos são caros, mas alguns aplicativos como o TodayTix tem descontos incríveis, paguei $49 pra ver Fantasma da Ópera. Salvar um dinheirinho de compras e restaurante pra ter a experiência da Broadway vai te fazer muuuito feliz!

EXTRA: Times Square
VSCO Cam-7
Quem mora aqui ODEIA a Times Square, o lugar é muito cheio, o povo anda devagar, para do meio do caminho pra tirar foto, mas a energia é sempre boa! As luzes, a multidão, as lojas abertas até de madrugada, é um mundo a parte e realmente traz a tona tudo que NY representa. É impossível não ficar chocado com a grandiosidade de tudo, e sempre rende aquelas fotos clichês que marcam sua viagem, porque né? Tem que ter pelo menos uma hahahah

E ai, onde são seus lugares preferidos de NY?

xxx

 

Taurinos (eu) e a dificuldade de largar o osso…

large

Ai, viver é difícil demais! As vezes a vida é ótima, e os momentos felizes então… não precismos nem comentar né? Puta que pariu, tem coisa melhor?
Mas e quando aquele tédio não para de bater na sua cabeça, fica difícil né?

Eu sofro de inquietação constante ao mesmo tempo que o meu signo quer falar mais alto e negar qualquer mudança que possa estar a caminho, o que me causa um dilema maior ainda. Largar tudo o que me mantêm presa e viver pra mim ou ter a segurança que mantêm meu pé no chão?

Nos últimos anos, tenho sofrido a crise dos 20, quando você já não é tão nova, ja passou a adolescência , colegial e tudo mais, mas ainda não é adulta o suficiente, ou pelo menos, não se sente adulta o suficiente.

Comecei a trabalhar muito cedo, fiz várias coisas antes da faculdade, e quando me joguei pra fazer moda, no segundo semestre ja estava estagiando, parei, mudei de curso, estudei, viajei, e voltei a trabalhar, fiquei um ano aprendendo, fui efetivada, mas nada mudou em grande escala, se passou um ano, fiz algumas coisas novas, aprendi um pouco mais, e já tava me sentindo sufocada com o meu lugar no mundo, afinal, 2 anos e meio tinham se passado, eu tava formada, mas ainda estava no mesmo lugar. Resolvi mudar, queria fazer intercâmbio porque era um sonho antigo, mas sempre mantinha aquela voz que falava “se eu conseguir uma posição melhor, eu fico” “se eu mudar de área no trabalho,quem sabe…”

A típica sabotagem pra caso eu não passasse, porque ai eu teria uma desculpa, certo?
Quando eu enfim resolvi arriscar, senti um alivio, e se caso eu não passasse, e dai? Poderia tentar coisas novas e finalmente mudar… não foi tão difícil, só demorei mais que o normal pra tomar uma decisão.

Conheço os meus limites, mas também sei até onde posso ir, e parada no mesmo lugar, eu não ia nem me mexer. O tédio se tornou ansiedade, nervosismo, felicidade de estar num lugar desconhecido, sem saber o que ia acontecer.

Ainda estou esperando uma resposta, se vou pra NY estudar na faculdade dos meus sonhos, ou se vou ter que buscar coisas novas pra fazer, seja aqui, lá ou em qualquer outro lugar do mundo.

No meio do caminho, ouvi várias histórias, comentários, opiniões sobre a decisão que eu tava tomando, confesso que a maioria foi de apoio, mas vira e mexe tinha alguém falando que era arriscar demais, largar um trabalho, ir viver sozinha, mas ai gente, really?? Eu quero mais é ter história pra viver e pra contar, se der errado, eu sempre terei minha casa, minha família, meus amigos pra voltar. Isso são coisas que você não perde. E é melhor se arrepender por alguma coisa que você fez do que sofrer pelo que deixou passar né?

TCHAAAU VEGAS!

Pra finalizar a viagem com chave de ouro acordamos cedo pra aproveitar o máximo possível, tinhamos uma lista de coisas que faltavam fazer, tipo tirar foto na placa de las vegas, ir na montanha russa do NYNY, e comprar a blusa da coca cola que ficou na sua cabeça por 3 dias (oilau).

Deu tempo de sentar e jogar um pouco nas maquinas, coisa que não fizemos nenhum outro dia, juro! Acabei transformando 5 dólares em 70 e achei que tava com a bola toda, fui presenteada pelos deuses e tudo mais, pura emoção. E viva a maquina do sex and the city…

IMG_6696

Conseguimos fazer tuuuudo, comemos num restaurante tailandês que tava muuuuito bom no Ballys, e valeu super a pena!

No fim, toda a sorte no jogo foi azar na vida, roubaram minha mala de dentro do carro, NO ESTACIONAMENTO! Fizemos B.O, mas não ia adiantar nada, eu dei uma chorada básica, fiquei revolts, xinguei todo mundo, mas tinhamos que ir pro aeroporto e pelo menos meus documentos tavam comigo!

Enfim, chegamos no aeroporto, era o fim da nossa viagem, foram 7 dias, 6 noites, 7 baladas, 3 shows, Grand Canyon e muuita diversão.

 

IMG_6705IMG_6732

 

E ai, podemos ir de novo?
bjbj

 

Se joga no Grand Canyon

No nosso penúltimo dia, reservamos um carro porque era dia de road trip até o Grand Canyon, acordamos mega cedo, e eu descobri que perdi minha carta de motorista, só sucesso gente! Por sorte a lau também dirige, hehe!

A estrada pra lá é maravilhosa, a viagem toda tem vistas lindas que valem a pena de serem observadas e fotografadas (eu amo paisagem).
Escolhemos o Grand Canyon West Rim porque é mais perto de vegas (3h), e apesar de falarem que não chega perto do South em relação a beleza, não era muito uma opção dirigir por 5h e meia! #nofilter

IMG_6582
IMG_6603 IMG_6592

Fizemos umas paradas no caminho pra tirar fotos, mas as cidadezinhas ao redor são bem estranhas e parecem cenário de algum filme de psicopata, então decidimos não arriscar hahahahahha!

La tivemos que pagar a entrada pro parque, que acho que foi uns 35$, e ta incluso um ônibus que faz parada em vários observatórios diferentes, inclusive uma cidadezinha country fake (que parece o hopi hari). Descemos em uma delas, tiramos fotos, ficamos com um medinho dos japas tirando foto na borda, comemos frango frito e depois ja fomos embora porque começou a chover NO DESERTO! Eu achei tudo lindo, queria que tivesse sol pra aproveitar mais e até tentar conhecer todos os observatórios, mas não rolou.

IMG_6607 IMG_6621 IMG_6643 IMG_6658
Na volta pra “”casa”” encontramos a estrada PA RA DA, quando chove lá as estradas ficam cheias de poças e um nível enorme de água escorrendo, não sabíamos o que tinha acontecido, e não tinha previsão de volta, então como boas Brasileiras fomos tentar achar uma saída, demos um migué e começamos a fazer a estrada no caminho inverso, como o gps tva falando…

O gps burro fez a gente dar a maior volta do universo só pra retornar pro mesmo lugar que a gente tava, universo, sempre estragando nossos planos de horário! Ahahahah
Enfim, conseguimos voltar e fomos quase direto pro shopping  porque era a nossa ultima chance de fazer compras, entramos loucas na forever 21, na pandora pra compramos os charms especiais da nossa viagem, top shop, papelaria, H&M, e nisso o shopping fechou, só felicidade! Hahahahaha


Estavamos mortas de fome, e queríamos comer bem pra finalizar a viagem, subimos num restaurante terraço, no elevador um cara comentou que a gente deveria ser super ricas pra comer lá, só observando nosso look de -acordei as 6 da manhã e não voltei pro hotel até agora.

Quando saímos do elevador PO*@&# FU@*#*#, a gente tava extremamente mal vestidas pro lugar (ainda com a roupa do grand canyon) e realmente devia ser absurdamente caro, e nossos dinheiros tinham se transformado acidentalmente em roupas nas nossas sacolas, tiramos uma selfie da desrgaça e fomos procurar outro lugar pra comer!!
IMG_6685
Acabamos num japa bem gostoso, e durante o jantar a gente discutia a possibildade de irmos pra balada, a lau fez a funça e mandou msg pros promoters e perguntaram se rolava nome pra XS ainda, a resposta foi positiva, VIVA!

Chegamos no hotel muito cansadas, afinal, tinhamos acordado 7 da matina e dado o maior role, decidimos sair porque era nossa ultima noite em vegas, tomamos banho, e todo aquele processo pras 3 ficarem prontas em 5 minutos!

IMG_6740 IMG_6733

Teve tommy trash na night, o lugar era diferente, mais bem iluminado, menos aglomerado e bem bonito, as meninas foram embora as 2 porque tavam cansadas, e a lau tinha dirigido muito! Rolou aquela briguinha básica hahahahahah mas eu fiquei porque não queria dormir na ultima noite lá, conheci umas galeras, fiquei na pista dançando, e 4 e pouco decidi voltar porque ainda tinhamos mais um dia pela frente. Chegando no hotel, sem salto, na derrota, fui feliz pro quarto porque elas tinham falado que o cartão ia ficar na porta, obviamente o cartão nao tava na porta e ainda tinha uma mensagem num papel no chão, que dizia: BATE AI.
eu bati e ninguém abriu, fiquei sentada no corredor, coloquei musica, esperei e bati de novo, a mayão abriu.

No dia seguinte descobri que o casal do quarto do lado reclamou que elas tavam “gritando” e fazendo muito barulho e eles chamaram a segurança pra mandar elas calarem a boca. O segurança bateu, achou que alguém tivesse apanhando la dentro, ficava tentando ver se via sinais de briga hahahahahahahahaha e pediu pra elas tirarem o cartão de fora do quarto, que era perigoso, justo.

IMG_6689

E com essa eu termino esse post.

Diário de viagem: Las Vegas dia 4 – Martin Garrix, seu lindo!

Acordamos na Ressaquinha, e colocamos o biquinho pra variar porque tinha uma pool party na Drai’s, que fica no rooftop do Cromwell, o lugar é incriveeeeel, lindo demais, e foi bem difícil encontrar nas recomendações dos Brasileiros que vão pra Vegas, achamos por acaso esse lugar enquanto andávamos, e depois demos sorte de encontrar um promoter de lá para colocarmos o nosso nome!

IMG_6422 IMG_6423

Foi suuuuper legal, apesar dos drinks serem meeeeega caros, nos divertimos bastante bebendo água (que era de graça hahahahaha). A idéia de dançar de biquíni ainda é estranha pra mim, peitos pulando, pessoas peladas esbarrando em você, mas faz parte da cultura de las vegas, so… who cares! Hahaahha tem que se jogar né?

IMG_6426 IMG_6429

Marcamos 17:00 como horário mental para irmos para o hotel, porque eu tinha que levar o Iphone pra consertar as 20h, então 19:30 tinhamos que estar saindo de lá, e a gente tava morrendo pra ter uma refeição de verdade, e de noite íamos pra Hakkasan, que ia ter o Martin Garrix ❤ ❤ ❤ ❤ como atração!

IMG_6454

Fomos no shopping, deixei o Iphone enquanto as meninas faziam reserva no cheescake factory, nos encontramos la na porta e conseguimos sentar pra comer, foi uma das melhores refeições que fizemos la, tava muuuito bom, comemos além do que nossa barriga agüentava, sobrou comida no prato das três, e ainda pedimos um cheescake, porque você não pode simplesmente ir no cheescake factory e não comer um cheescake, certo?

Saimos de lá rolando, pegamos o ônibus, e nos maquiamos nele (YEEEAH), pra chegar na Hakkasan que fica no MGM, paramos pra dar o que sobrou da nossa comida pra algum dingo (tem muuuitos lá).
Um deles não sabia nem o que tava acontecendo, e o outro foi bem receptível com o macarrão ao molho pesto da lau! Hahahahahah

IMG_6463
Chegando na balada, 1h depois que o promoter tinha sugerido, pegamos a maior fila do universo! Tinha um japa tirando umas loiras pra irem pros camarotes, mas nem olhou na nossa direção HAHAHAHAHA, permanecemos na fila, fizemos umas amizades, bebemos uns shots, que foram sucesso por 3 minutos e passou, beeeem antes de entrarmos, TOP!
IMG_6497

2h depois, conseguimos entrar, ficamos espremidas num cantinho da pista dançando igual zumbi esperando o Martin Garrix entrar, e ele não entrava nunca, até que eu resolvi perguntar pro faxineiro qual era a da demora, e ele me responde simplesmente que o Martin ja tava tocando no andar de cima!
“QUE PORRA DE ANDAR DE CIMAAAA???”
Saimos correndo, pra variar, para conseguir ver esse lindo, chegamos a tempo de animals, e entramos no meio do povão bem perto dele e das caixas pra ficar ainda mais divertido – sim, esse é meu conceito de diversão.

Na hora de ir embora, mais uma corrida atrás do bendito ônibus, e mais uma noite de soninho gostosa

Diário de viagem: Las Vegas dia 3 – A energia que deve vir do… shhh

IMG_6369

Acordar cedo faz parte da rotina de viagem, comer beagles pela manhã também! No 3 dia fomos para a piscina do MGM, passamos a manhã e o começo da tarde lá, tava mucho bom! Bebemos uns drinks (eu pra variar tava sem documento e o cara não quis me vender frozen, a maya pegou pra mim e ele ameaçou me expulsar se eu tivesse bebendo, risos) a piscina tem uma correnteza que te faz dar uma volta enorme na área da piscina e é super top, da pra alugar bóias pra fazer o trajeto deitadinha relaxando, beeeem rico!

IMG_6377

Como sempre estacamos atrasadas pra algo, as 19:30 iamos para o Bellagio ver o “O” mas antes eu tinha que consertar meu iphone, um stress a parte, não deu tempo, tentamos comer no cheescake factory, mas também não deu tempo, deu no máximo para passarmos na Express pra dar uma olhada e comprar umas coisinhas (claro! comer não rola, mas comprar… hehe)

IMG_6385

Fomos direto pro Bellagio, paramos para comer batata frita pra dar pra jantar direito depois porque só tínhamos tomado café. Doce ilusão. A lau amooou o show, a ma gostou bastante e eu achei  legal, mas meio arrastado demais, tinham partes lindas, mas que demoravam mais tempo que o suficiente pra acabar. Mas no geral foi bom!

IMG_6399

Saindo de lá, passamos pela porta do the bank, que é uma das baldas que queríamos ir em Vegas, um promoter colocou nosso nome na lista VIP, e tínhamos aproximadamente 4h para irmos pro hotel, nos arrumarmos e chegarmos lá até uma da manhã (eram 21).

Na saída avistamos uma Urban Outtfitters e decidimos dar uma paradinha, essa paradinha se transformou num roteiro de compras, aproveitamos e passamos na H&M e na American Appareal. No meio disso tudo, o clássico dilema: ir ou não ir pra balada? Afinal, ja eram 23h, a gente tava muito cansada, eu tinha acabado de ter um treco, mas a gente tava em Vegas né, decidimos ir.

IMG_6411

Saimos correndo pra variar pra pegar o ônibus que já tava no ponto (isso era parte da nossa rotina), chegamos no hotel, tomamos banho, cogitamos miar, nos vestimos, make, salto, e la fomos nos pegar o taxi porque não ia dar tempo de ir de ônibus, lembrando que eram 3 mulheres pra se arrumar em 1h!

IMG_6414
Chegamos 2 minutos pra 1 da manhã, entramos direto, ganhamos 2 cards de vale drink, e foi muito divertido, dançamos do jeito que só Brasileira sabe fazer, bebemos, curtimos, e na saída ainda ficamos no cassino (a lau ganhou 5 dolares de um cara e perdeu em menos de 1 minuto na maquina), decidimos ir embora de ônibus, demos a maior volta porque erramos o lado – a lau acertou, mas ouvir ela é pros fracos hehe – e de novo, corremos pra pegar o ônibus, atravessamos uma praça lotada de gente com o salto na mão, e conseguimos, tentamos laricar e comer no subway mas tava fechado #xatiada, tentamos perseguir a maya e chegar no quarto antes dela, pra ela levar um susto, mas o nosso atalho deu errado… mas foi engraçado, ou foi engraçalcool, jamais saberei.

p.s.: foi o alcool, certeza!

 

Diário de Viagem: Las vegas dia 2 – Descobrindo a cidade

Acordar cedo, em qualquer parte do mundo, não é legal! Claro que depois que você acorda e realiza onde você está e quanta coisa pode fazer, a sua vida muda, e você pula da cama com um sorriso enorme!

No segundo dia resolvemos tomar café no buffet do hotel, tomar sol na piscina do hotel mesmo e sair pra conhecer os hotéis. Pegamos o ônibus que anda pela strip ( o passe custa 8 dólares 24h), e fomos até o ultimo hotel para irmos voltando!

IMG_6260
Visitamos o Luxor que tem a decoração toda egípcia e a estrutura do hotel é uma pirâmide, depois fomos para o Excalibur que é medieval e particularmente achamos bem brega, apesar de parecer divertido para crianças, de lá fomos para o NYNY, e depois MGM, que virou um dos nossos hotéis preferidos, e decidimos passar mais tempo nesse, rodamos ele inteiro e descobrimos a piscina incrível que tem la, estávamos sem biquíni, nos xingamos por isso, mas marcamos de ir la outro dia!
Paramos para comer no Rainforest café que é um restaurante que o ambiente simula uma selva, com animais que se mexem e fazem barulho a cada meia hora, a comida é ótima e o preço é justo, vale muito a pena conhecer.

IMG_6306

Depois do nossos pit stop continuamos a nossa caminhada pela strip, aproveitando um pouco do sol, porque o ar condicionado dentro dos hotéis é congelante! Demos um pulo no Cosmopolitan (pra atravessar a rua as vezes precisa entrar em algum hotel e atravessar uma ponte) que nos levou até o Bellagio, resolvemos não parar lá porque o “O” ia ser la, então acabaríamos conhecendo de qualquer forma.

Fomos para o Mirage onde as meninas iam assistir o “LOVE” que é o show do Cirque du soleil dos Beatles, bebemos uns drinks no bar do show, fomos barradas em um bar de narguilé que fica fora do hotel porque estávamos com RG e carta de motorista e não passaporte (!!!!!) hahahahaha!

IMG_6338

Ja eram 19h, pegamos os ingressos no celular para não ter que voltar até o hotel, e enquanto elas estavam no show, que dura mais ou menos 2h, eu fui dar uma volta no shopping do ceasers e aproveitei pra comprar alguns acessórios, depois contamos mais sobre ele, porque gastamos boas horas lá!

Nesse dia descolamos uma festa que ia rolar no Beach Club com Lil Jon, que era bem perto do nosso hotel, voltamos correndo depois do show para ficarmos prontas, e estávamos mooooortas, mas não podíamos perder essa festa, nos arrumamos com roupa de ir na piscina, biquíni, rasteirinha e pouca make (igual pessoas normais), porém, chegando lá as meninas estavam suuuuper produzidas, cabelo, make, saltos, roupas, e ficamos meio chocadas! Hahaha

IMG_6289
Tivemos problema com nossos documentos brasileiros de novo, então voltamos apé pro hotel (uns 15 min andando) pegamos os documentos, cogitamos nos arrumar melhor, miamos a idéia, pegamos o passaporte e voltamos de ônibus pra festa, procuramos um promoter para entrarmos na lista vip, e conseguimos!

Foi uma das melhores festas que fomos lá, a piscina de noite era aquecida, tinham castelinhos e bóias infláveis rodando a piscina, um tal de joga água pra cima aqui, se joga dentro da água dali, pole dance, musica alta, drinks, pessoas bonitas.
Acabou sendo muito divertido, não sabemos pra onde o cansaço foi, mas estávamos com energia a mil!

IMG_6301
Conhecemos uns brasileiros que também não entendiam essa arrumação e o estilo americano de festejar, as meninas dançam twerk pra valer, nos caras, nas paredes, no chão, sem limites, mas não existe o beijar na balda, eram pouquíssimos casais juntos que víamos por lá!

Voltamos de biquíni, andando para o hotel, super agradável! ZZzzZZZ