NY: A experiência Bridal Week!

IMG_7745

Oie!
Uma das melhores coisas de estudar no FIT são todas as oportunidades de trabalho que eles oferecem, empregos no mundo todo (tem até no Japão), trainees pelos EUA, estágios e voluntários.
Como estudante internacional no primeiro ano eu não posso fazer nada além de voluntário, então qualquer oportunidade de voluntário que surge eu to dentro, nesses dois meses já fiz dois dias de Fashion Week, Bridal Week e Beautycon.

Eu sou apaixonada por vestido de noiva, acho tudo maravilhoso, assisto “say yes to the dress” até não aguentar mais e poderia ficar olhando todas as opções de vestidos por horas, então, assim que eu recebi o email que eles tinham oportunidades de voluntário me inscrevi no mesmo minuto.

IMG_7288

Essas coisas são super sem informação, então quando você chega lá você descobre o que você vai fazer. Nesse dia não cuidei de nenhum desfile e sim do Showroom de uma marca Israelense que chama Orabella e é MARA! O dia de trabalho se baseia praticamente em ajudar o time a “vender” os vestidos da marca pros buyers de lojas de vestidos de noiva, multimarcas e boutiques.

No nosso stand ficavam os donos da marca, a RP da marca que era quem passava $$, apresentava a marca e fechava a compra, euzinha e outra voluntária. A gente se dividiu nas funções, eu cuidava da modelo de prova, fazendo o styling, colocando os vestidos que os buyers queriam ver no corpo e escolhendo o que ela podia vestir pra chamar a atenção do povo todo, junto com os donos da marca, e ela cuidava das vendas e de atrair cliente, junto com a RP. Eu ainda não fico 100% segura do meu poder de convicção em inglês hehe, então achei nossa divisão perfeita!

IMG_0113 IMG_6048 IMG_9973

Como a maioria dos eventos é um dia inteiro de trabalho, das 8:30 as 18 sem hora completa de almoço nem nada, mas é sempre uma boa experiência e você acaba fazendo contatos que podem ser importantes pra vida. O trabalho é voluntário e a empresa não precisa te pagar nem almoço se eles não quiserem hahahah! Eu dei sorte e ainda rolou um frango com legumes pra quem tava trabalhando, VIVA!

O evento é muuuuito lindo e acontece em NYC todo ano, com certeza o voluntário vale a pena, mas pra quem ta de passagem na data do evento, pode ser um programa bem menininha e divertido pra se fazer aqui na cidade! ❤

Bjs!

Pra ver mais me segue no snap jeemenasce, e no insta @jeemenasce :*

 

Morando em NY: O que eu como aqui? :O

COMIDA. Esse é um assunto recorrente do meu dia a dia, eu não gostava de cozinhar e fazia a maior bagunça quando queria brincar de fazer jantar em casa, aqui eu tenho que cozinhar se eu quiser comer… Eu acabo comendo fora algumas vezes por semana, pegando pizza, sanduba ou alguma coisa que não seja absurdamente cara (difícil), mas no geral eu tenho cozinhado arroz pra semana toda, e cada dia faço um complemento diferente. Isso quando eu e a Vic (minha roommate) não decidimos fazer um jantar gourmet, hehe.

Apesar de eu ter um numero considerável de fotos de comida pra mostrar pra vocês, isso não é nem 1/3 da realidade, e a maioria eu tirei pra mostrar pro mundo que eu sou capacitada 😉 Algumas coisinhas eu procuro receita, outras eu invento a coisa mais rápida e prática, e aparentemente eu sei cozinhar… quem diria.

EU QUE FIZ!

comidaeufiz

Lado esquerdo: 1. Penne com molho spicy e camarão e bruchetas de salmão defumado com abacate e shitake com cream cheese (esse foi gourmet); 2. Mac’n cheese (o miojo deles!!); 3. Salmão com crosta crocante, arroz, feijão e farofinha; 4. STROGONOFF <3; 5. Ovo frito (porque eu não sou obrigada a nada)
Lado direito:
1. Arroz, feijão e saladona; 2. Nhoque e saladinha com salmão defumado; 3. Quinoa balls (victoria que faz esse <3); 4. Salada de espinafre com shitake; 5. Cubo de carne com shitake e arroz.

NADA disso levou mais de meia hora pra ficar pronto! 🙂 No máximo o arroz que eu faço mais ou menos uma vez por semana, mas de resto é tudo rapidinho e delicia! 🙂

COMI FORA hihi

comidafora

Esquerda: Hambúrguer de miojo; bandeijinha de japa (na falta de rodízio); PIZZA DE UM DOLAR!!!; Feijoada do meu restaurante brasileiro preferido (Brazil Brazil)

Direita: Bruschetta de salmão defumado (Le pain quotidien); Sanduiche de frango do starbucks; frutos do mar (brooklin crab).

Queria ter foto de mais coisa, mas eu nunca lembro, geralmente porque eu to quase morrendo de fome, literalmente!

Quem tem receitinhas rápidas e delicias pra recomendar? 🙂

bj

Estudando moda em NY: Primeiras impressões

11998471_10153626731879172_4352779_n

Oi gente, tudo bem?
Nesse post vou contar um pouquinho das primeiras impressões de NY, do curso, de minha vida aqui, fazem oficialmente 20 dias que eu to aqui e nem da pra acreditar que já passou tudo isso de tempo. Nesse post vou contar um pouquinho das minhas primeiras impressões e de como é tudo por aqui.

Pra quem não sabe eu to morando no campus numa residência com outras três meninas, todas americanas, num “apartamento” com cozinha, banheiro e dois quartos, e não é tão ruim como eu esperava… Eu nunca tinha dividido quarto na vida, e tava enlouquecendo com a idéia de ter que fazer isso com uma pessoa que eu nem conhecia, mas dei muita sorte e acabei ficando com meninas super legais!

A faculdade em si é bem diferente do sistema brasileiro, pelo menos da Anhembi, e o curso apesar da grade ser parecida com a minha antiga, o método de estudo e os professores são completamente diferentes, não tive aulas suficientes pra conseguir dar um panorama completo do curso, mas a maior diferença que eu senti foi a preparação pra trabalhar na industria, aqui eles realmente querem que você consiga um trabalho num cargo top, numa empresa MARA, e toda aula eles reforçam a importância de networking.

11994455_10153626731964172_1743265890_n 11997064_10153626731909172_407050927_n11998083_10153626731894172_388678166_n

Vou andar por uma vida em alguns meses. Eu sou viciada em carro, eu amo dirigir e apesar de me estressar no transito, era um momento que eu tava curtindo o radio, de boas, na minha bolinha preta linda, e aqui eu to vivendo de metrô e apé, sempre que eu to com mais disposição tento caminhar pra poder ver as coisas e ser saudável hehe, e o metro apesar de ser um forno humano é ótimo e me leva pra quase todo lugar que eu preciso, e mesmo assim tem escada pra cacete #bundadura!

Viver aqui saudavelmente é caro! Não fazia mercado em SP, thanks mom, mas aqui eu tenho reparado que a pizza, comidas congeladas, gordas e salgadinhos são bem mais baratos que comprar frutas, verduras e etc. Senti saudades de algumas coisinhas que tava acostumada a comer, mas nada que o mercado Brasileiro não tenha resolvido 😉

11998447_10153626732034172_1265671745_n 11997155_10153626731884172_13631951_n

A cultura não é tão diferente assim. Antes de conviver com as meninas do meu quarto e poder ver de perto a cultura americana, minha visão era 100% baseada em FILMES e SÉRIES. Mas no geral eles são bem parecidos com os brasileiros, eles fazem esquenta, comem porcaria, reclamam da aula, do clima, que não tem roupa e o cabelo ta ruim, eles dormem super tarde, pegam gente na balada, tem os mesmos problemas de relacionamento que os nossos, msgs não respondidas no dia seguinte e querem viver a vida ao máximo. São coisas pequenas mas que eu juro que pra mim era ouutraaa coisa!

Ainda tenho muuuuuuito pra aprender né xente, mas por enquanto é isso!
Se tiverem alguma duvida sobre o curso, a facul, a vida aqui e qualquer coisa é só deixar nos coments 😉

Beijo beijo

 

VIDEO NOVO:ESTUDANDO NOS EUA! :)

Oi gente!
Aproveitei que a viagem ta chegando (sexta agora!!) e gravei um video explicando o processo para estudar nos EUA, tem gente que prefere video que texto, então essa vai especialmente pra vocês! Aproveitei e tirei algumas duvidas que vocês mandaram na página, no email ou no perfil sobre o assunto.

Eu tentei resumir o máximo possível pra não ficar muito cansativo, mas acho que ta tudo bem explicadinho, se não, me avisem 🙂

Duvidas? Sugestões? Curtiram?
Se inscrevam na página pra ficarem por dentro dos videos que estão por vir. Vou mostrar os sapatos, makes, roupas e decorações escolhidas nos próximos, hein 😉

Beijos

Estudando moda em NY: FIT x Parsons

nyc

FITNESS

O FIT tem academia e algumas aulas tipo yoga, zumba e etc disponíveis para os alunos, a taxa é incluída na tuition, então todo mundo que é aluno lá pode usar a abusar das áreas fitness.

A Parsons não tem academia no campus e sim nos dormitórios, ou seja, quem não vai morar nas residências não tem academia, maaaas pelo que eu li tem algumas aulinhas fitness que a parsons oferece para os alunos!

SOCIAL

Não, eu ainda não to lá, e to me baseando 100% em facebook, posso mudar de opinião depois e ai eu venho contar, mas por enquanto na minha super analise, eu senti um senso de comunidade mais forte na Parsons, qualquer post, sobre qualquer coisa tem MUITA interação. A galera marcando academia, festa, acampamento, ou simplesmente se apresentando e conversando sobre qualquer coisa.

Nossa, e o FIT? Tem também, mas a frequência e a interação são menores, os posts com muitos comentários parecem conversas entre 3 ou 4 pessoas, e não várias pessoas realmente conversando sobre o assunto! Pelo que andei lendo, as pessoas lá tem tanto trabalho que fica difícil ter uma vida social ativa, será?

fit

A ESCOLA

A parsons é mais ligada na arte, e o FIT no lado dos negócios e técnico da coisa. Isso reflete na arquitetura, nos alunos, nos professores… A Parsons é maraaa de se ver, toda moderna, tem um campus novo que é de babar, e o FIT é super tradicional, bem grandiosa e sem muito mimimi.

O método de ensino também acaba sendo diferente, na Parsons eles querem que o aluno descubra o caminho pra chegar no resultado, através da liberdade, do auto-conhecimento, da exploração de várias áreas, por isso o foco em arte. E no FIT é matéria, é lado técnico, eles te ensinam o caminho todo pra ter um resultado satisfatório, a grade é bem mais restrita a áreas que realmente interessam para o curso. Eu acredito que o destaque pro business vem exatamente dai.

$$$$

O FIT e a Parsons tem diferenças gritantes quando falamos em dinheiro, o FIT é uma escola “publica” e a Parsons particular. Diferentemente do Brasil, lá as escolas publicas também são pagas, porém, beeeem mais baratas para quem mora lá. Estudantes internacionais pagam quase o triplo dos cidadãos americanos. E nas escolas particulares o valor é o mesmo independente de onde você more…

Prós e contras disso tudo: O FIT não oferece nenhum tipo de financiamento, ajuda de custo ouuu a opção de plano de pagamento para estudantes internacionais, é mais barato sim, mas o preço é aquele, sem negociações.

Na Parsons, eles oferecem descontos, bolsas pra quem teve uma application impecável, financiamentos, e é possível negociar o valor. Vale a pena analisar as formas de pagamento de cada uma pra ver o que encaixa melhor no bolso

parsons

DOCUMENTOS E STUFF

Gente, esse é outro tópico que eu to falando de acordo com o que eu tenho lido no face, porque eu só sei na pratica como foi com o FIT, eles tem prazos muito mais curtos e determinados que a Parsons, demorei mais para ter a resposta da aceitação, mas depois disso foi tudo MUITO rápido, documentos pra tirar o visto, registrar pras aulas, escolher dormitório, roommate e etc.

Na Parsons o povo ta loco no grupo, que não conseguiram se registrar, não conseguem marcar com o advisor, os estudantes internacionais não receberam nada pra poder tirar o visto ainda… Acredito que pelos prazos serem maiores e não tão estabelecidos o processo demore um pouco mais, mas tudo deve dar certo no final. Claro que bate um desespero básico, mas tem que ter paciência né?

De resto, salas, residencias, reputação das escolas, eventos, estágios não vi muitas diferenças, todas tem muitas vantagens e valem super a pena! Vou poder contar mais quando realmente estiver lá né, mas pra quem ta na duvida, qualquer ajuda é valida 😉

Quem souber mais, pode me contar hein!
Beijo beijo

 

Estudando Moda em NY: Documentos e mais documentos

NY

Depois de ser aprovada, você acha que é só felicidade, se matricular e pronto? HAAAA quem dera! E pior que pra gente que não ta acostumado com todo esses processos das faculdades de fora, fica ainda mais complicado! Aqui se você conseguiu passar na facul dos seus sonhos, você se matricula, entrega os docs que eles pedem e fechou, néam?
Porém, quando você decide estudar fora, você tem que tirar o visto de estudante, você tem que enviar documentos de saúde, comprovar que você tem as vacinas obrigatórias, aplicar pra residência caso seja sua escolha, achar roommate, escolher suas aulas… não é pouca coisa não!
Mas vamos lá pro passo a passo, outro post que vai ser construído aos poucos e que vai ficar enorme! Eu acho que pode ajudar bastante quem precisa, porque eu sofri e nem o google me ajudou… hahaha

Lembrando que eu escolhi o FIT, mas cheguei a pagar a parsons caso eu não tivesse conseguido o FIT, então consegui ver um pouquinho dos processos das duas.

PRIMEIROS PASSOS

A primeira coisa que você vai precisar fazer, é pagar o tuition deposit pra garantir a sua vaga, geralmente essas taxas não são reembolsáveis e tem uma data limite pra ser paga. Depois disso, a sua página de aluno vai ser liberada, e por lá você vai poder fazer quase tudo que precisar.

No FIT quase todo o processo é ainda feito por carta e email, eles não vão te avisar se você passou ou não por email, o que é um porre, mas quando chega a carta, os processos são super bem explicadinhos, e você pode pagar pela internet com o formulário de tuition e os dados do cartão pelo email (foi o que eu fiz)

APLICANDO PARA RESIDÊNCIA

Após conversas intermináveis com meus pais, a conclusão foi que residência pra começar seria melhor, porque eu sou desligada, e a segurança lá é melhor, e eles não querem que eu morra e tals… Bem que eu queria um apto New Girl na minha vida, mas não vai ser agora hahahaha.

Bom, como eles me enviaram a resposta quase 1 mês e pouco atrasada eu sabia que ia ter problemas, porque a preferência é por “ordem de chegada”. Pela minha pagina do FIT preenchi os formulários e paguei a taxa de 300$ (tudo tem que pagar) esperei os 3 dias que eles pedem para confirmar e ai eu vi que tava na fila de espera, com 15 pessoas na minha frente…

Demorou cerca de um mês, mas a lista rodou mesmo! E eles te enviam email com todas as datas assim que você é confirmada, com escolha de quarto e roommate!
A sua posição pra escolha da residência é de acordo com a ordem que você foi aprovado, ou seja, eu estava na merda, se eu não tivesse arranjado um roommie que tinha horário de escolha mais cedo que o meu! Sorte! Vou ficar no Alumni Hall, que é um dos mais concorridos por ser tipo suite e não tradicional. Vai ser a primeira vez na vida que eu divido quarto com alguém, e o “apto” com mais 3 pessoas, ai gente…

VISTO DE ESTUDANTE – e todos os trilhões de formularios
Parte 1- Comprovação financeira

Assim que você receber a carta de aceitação e pagar a tuition, você entra no link de internacional students no site do FIT e baixa o ISTS, imprime e preenche. Esse é o tipo de coisas que seus pais vão ter que fazer pra você, porque é um formulário pra você provar que tem como pagar o seu ano de estudos, moradia e custos básicos de vida por um ano lá, eles dão um valor estimado, e você pode preencher com varias fontes pagando o valor pra você, ou apenas uma conta, e eles pedem junto com esse formulário uma carta comprovando aquilo tudo, então você pode pedir pra sua gerente do banco fazer uma carta carimbada e assinada pra você (em inglês, ou tem que traduzir e juramentar).
Escaneia o ISTS, carta/cartas comprovando as informações e a pagina principal do seu passaporte e envia para o email do FIT que veio indicado na carta de aceitação.
Após 5 dias eles te respondem se foi aprovado e te enviam o I-20. O segundo formulário a caminho do visto. Tudo isso levou cerca de 15 dias, foi beem rápido

Parte 2 – I-20

Recebi o I-20 cerca de uma semana depois que enviei o ISFS. É um documento que ja veem preenchido pela faculdade, com um espaço em branco para ser carimbado na sua chegada aos EUA.
Você vai receber ele junto com uma carta explicando os próximos passos, que é preencher o I-901 online e pagar os 200$ da taxa SEVIS (você vai ter que levar ambos no dia da entrevista para o visto), e o formulário D-160 que é para a solicitação do visto.

Parte 3 – Agendando o visto

Me senti uma burra procurando aonde agendava a porcaria do visto depois de preencher o formulário no site do consulado. Ao invés de ser tudo na mesma página… não!!!! Uma coisa em cada canto dessa internet maravilhosa. Fui só eu?
Os agendamentos, tanto no CASV (foto e dedinhos) como no consulado, estavam super fáceis e eu consegui matar tudo em 3 dias.
Levei uma porrada de coisas pra entrevista no consulado e o cara só me pediu o I-20 e a taxa SEVIS… mas melhor previnir né?

FORMULÁRIOS DE SAÚDE

Essa parte é muito chatinha, você precisa se certificar que tem todas as vacinas obrigatórias e um médico precisa assinar e colocar as ultimas datas que você tomou cada uma, é simples, mas sempre tem alguma vacina faltando…

Você pode enviar o formulário por email, ou escanear e postar no site de saúde (você vai receber o link na sua carta). Lá você vai preencher também o seu histórico médico, para assim poder dar entrada no seguro saúde, que é super importante hein 😉

MARCANDO UM BATE PAPO COM O ADVISOR

Você vai precisar marcar uma sessão com o seu advisor, ele vai te ajudar com a sua grade, tirar suas duvidas, e te falar um pouco sobre o seu curso! É obrigatório e você vai receber um email te cobrando! Tente marcar antes e depois de criar a sua grade, vai ajudar muito! 🙂 O papo é bem legal e da pra tirar todas as duvidas!

É bem importante ficar atenta as datas dessa conversa, pra não ficar sobrando!! Eu tive alguns problemas nas matérias de inglês (que são obrigatórias pra estudantes internacionais), e foi a minha advisor que resolveu tudo pra mim 🙂

ESCOLHENDO AS AULAS

Para escolher suas aulas você deve seguir a sua grade, a diferença são os horários e os professores, por exemplo, você tem a mesma matéria em diferentes dias e horários, com diferentes professores, então é bacana dar uma pesquisada antes da data pra se registrar.
Eu acessei a listagem de aulas do meu curso, fui vendo o nome dos professores e jogando no Rate My Professor, que é um site onde os alunos dão notas e reviews pros professores! Me ajudou muito a escolher alguns que eu gostaria de ter como professores, isso varia com o perfil de aluno, tem gente que ama aula interativa, gente que gosta de um professor que passa mais matéria, ai é com você… Mas vale a pena dar uma espiada em cada professor antes, e criar uma listinha de preferências.
Os professores mais disputados fecham as classes rapidinho, eu entrei no sistema 15 min depois, e alguns já estavam indisponíveis, então é bom ficar esperto 😉

É basicamente isso que você precisa saber e estar em dia assim que passar na sua faculdade dos sonhos! Fique sempre ligado nas datas pra não perder nada, nem atrasar a sua matricula, e se joga
bjbj ❤